sexta-feira, 12 de julho de 2013

DF tem potencial para se tornar um centro financeiro como Chicago

A expansão da agropecuária no Entorno dá condições à capital de se impor no cenário regional, como referência do agronegócio. Além disso, Brasília abriga 12 principais fundos de previdência. Esses fatores somam para que ela se assemelhe à cidade norte-americana

Publicação: 12/07/2013 13:30
No Entorno, estão 10 municípios, entre 50, com maior PIB agropecuário do país, e Brasília detém a 16ª posição (Edilson Rodrigues/CB/D.A Press - 11/1/13 )
No Entorno, estão 10 municípios, entre 50, com maior PIB agropecuário do país, e Brasília detém a 16ª posição

Ainda que dependente do setor público, o Distrito Federal tem potencial para se tornar um centro financeiro. É o que mostra levantamento da Companhia de Desenvolvimento do Distrito Federal (Codeplan), divulgado ontem. Para que o plano, anunciado diversas vezes pelo governo, seja colocado em prática, o órgão destaca as operações com commodities agrícolas e a previdência complementar fechada como as principais apostas para diversificar o setor produtivo da capital do país a médio prazo.

“A capital federal não capitaliza a produção agropecuária do Centro-Oeste, que tem o maior Produto Interno Bruto (PIB) do país. Por isso, além do investimento industrial, esse setor tem grande potencial para o desenvolvimento do DF”, explicou o presidente da Codeplan, Júlio Miragaya. Ele comparou Brasília a Chicago. “A cidade não é o principal centro financeiro dos Estados Unidos, mas é uma potência agrícola e, por isso, as operações com commodities do segmento são feitas lá, e não em Nova York. O mesmo poderia ocorrer aqui. Poderíamos reivindicar a administração dessas negociações, já que temos a maior parte da produção nos arredores”, comentou. 

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário