quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Os Verdadeiros com o bispo Robson Rodovalho

Mr Pingo entrevista o presidente das igrejas Sara Nossa Terra, bispo Robson Rodovalho. Durante o bate-papo, o líder fala sobre seu mais novo CD, "Sara Nossa Terra, por favor", lançado recentemente pela gravadora Som Livre e opina sobre a migração de artistas cristãos para gravadoras seculares.
22/01/2013 14:10 por Redação
Bispo Robson Rodovalho é autor de cinco CD's, dois DVD's, e escritor de mais de 50 obras literárias de cunho cristão, também é o fundador da Rede Gênesis, emissora de televisão que está em mais de 200 cidades do Brasil e em 19 capitais. A rede Gênesis tem o objetivo de ter uma programação cem por cento evangélica, vinte e quatro horas no ar. Ela é aberta para os diversos segmentos de igrejas e pastores do Brasil.
Em entrevista exclusiva para o programa Os Verdadeiros, com produção do portal Fé em Jesus, Rodovalho fala sobre assuntos ligados a seu mais novo trabalho "Sara Nossa Terra, por favor" lançado pela gravadora Som Livre. Além disso, ele opina quanto à aproximação da Rede Globo com os evangélicos, especialmente, com os artistas do meio gospel.
Confira a íntegra esse super bate-papo


Breve testemunho
A primeira vez que entrei em uma Igreja Evangélica ouvi uma pregação de um pastor que havia sido preso por revolução e também se converteu na cadeia depois de apanhar muito. Ele orou por mim, eu abri meu coração e desafiei Deus que se aquilo que ele estivesse falando fosse verdade, se realmente o poder e amor de Deus estivessem a disposição do homem eu queria experimentá-lo e daria minha vida a Ele.
O culto acabou, eu fiquei a sós e ali eu tive um Encontro sobrenatural com Deus. Durante seis horas chorei e vi uma luz que me rodeava o tempo todo. Ouvi a voz do Senhor e lembro que as palavras de Mateus 28 passaram como um fogo na minha mente. Vi Jesus pendurado na cruz em uma visão espiritual e eu entendi o plano de Deus para o homem. A redenção, meu pecado, eu entendi que estava morto em meu pecado, pois servia a satanás no engano do espiritismo que eu fazia parte pela herança do meu avô materno, renunciei tudo aquilo e me dispus a começar uma nova vida.
Naquele dia me levantei daquele lugar as seis da manhã e ali eu era uma nova pessoa. Peguei minha Bíblia e comecei a ler desesperadamente. Nunca mais parei e iniciei meu primeiro ministério que foi a Mocidade para Cristo – MPC e tornei um dos líderes no Brasil. Saí da presbiteriana e da Mocidade para Cristo. Comecei minha primeira Igreja na Comunidade Evangélica de Goiânia, lá fiquei até noventa e dois. E neste ano mudamos para Brasília para começar a Sara Nossa Terra”.
Fonte: Portal Fé em Jesus

Nenhum comentário:

Postar um comentário