quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Senador Magno Malta discursa em plenário contra a proposta do novo código penal que afronta a família e os valores cristãos



 

Desde o início desta manhã, pastores e líderes evangélicos estão reunidos no Senado Federal para debaterem sobre a proposta do novo Código Penal que despenaliza o aborto, libera a maconnha, incentiva a pedofilia e privilegia os homossexuais. Intenções estas, que ameaçam diretamente a família e propõe a deturpação dos valores cristãos explicitados na bíblia.

Durante sua explanação, o senador Magno Malta, representante da igreja, questionou a Fernando Henrique " o senhor entraria em um avião no qual os dois pilotos são maconheiros?" Sobre a proposta de liberar o consumo da maconha.

"O problema do Brasil não é apenas a educação,a família precisa de respaldo, as drogas tem sido o adubo da violência" - Sen. Malta

"Quem pode prescrever morte para a vida?" Da forma como está, essa reforma não serve!" Sen. Malta

"O juridiquês que não conhece as ruas filosofa sobre a vida e não condiz com a realidade" Sen Malta

Senador Magno Malta diz que hoje o Código Penal está a serviço dos bandidos e não da sociedade...

É de imensa importância que esta mobilização alcance o maior número de pastores, parlamentares, líderes cristãos para que possam dar voz e defender o modelo criado por Deus de família e de sociedade. Esta convocação se estende à toda igreja do Senhor Jesus, pois havendo omissão, nossas gerações estão ameaçadas pela avalanche de problemas sociais que teremos que arcar. A responsabilidade do povo cristão, mais do que nunca, está sendo colocada à prova nesta quinta-feira.

Fonte: Portal Fé em Jesus

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário