segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Com defesa dos valores cristãos, Marcha para Jesus DF reúne milhares


Milhares de pessoas percorreram cerca de quatro quilômetros como forma de demonstrar o amor por Jesus Cristo e também para profetizarem sobre o Distrito Federal durante a Marcha para Jesus 2012, na Capital Federal, realizada neste sábado (18.08). A concentração teve início às 14 horas na Praça dos Buritis, com saída às 16 horas seguindo até a Esplanada dos Ministérios.
Durante o trajeto, os fiéis puderam acompanhar os trios elétricos com bandas locais e também o cantor Irmão Lázaro, que liderou o momento de louvor e adoração com ministração da palavra, no trio elétrico do Portal Fé em Jesus, até a chegada à Esplanada. No palco central, dezenas de bandas foram responsáveis por comandar a noite de adoração até o encerramento que ficou por conta da cantora Aline Barros.
Em todo o percurso era admirável a presença maciça de jovens, crianças e muitas famílias que clamavam pela paz, o amor de Deus, o livramento pelas ruas de Brasília, embalados pelos louvores. Igrejas da capital e do entorno estiveram presentes a maioria organizadas em caravanas.  
Com o tema “Valores para o meu país”, a Marcha resgatou bandeiras de luta da Igreja de Cristo como a valorização da vida e da família, a luta contra as drogas, contra a exploração sexual infantil, contra o aborto.
De acordo com o presidente da Frente Evangélica Nacional de Ação Social e Política (Fenasp) e coordenador da Marcha para Jesus DF, pastor Wilton Acosta, esse é um importante caminho para trazer à tona o debate sobres esses temas, inclusive, alertar e defender os valores que norteiam a vida de um homem publico.
Segundo ele, esse processo de retomada da Marcha foi surpreendente. “Excepcional. Há dois anos a Marcha não era realizada no DF e vimos como a união fez toda a diferença. Criamos as coordenações para que a mobilização fosse maior e conseguimos alcançar boa parte das denominações, o que para nós é gratificante”, afirmou o pastor Acosta.
Unidade dos líderes evangélicos também foi ressaltada pelo fundador e presidente da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, bispo Robson Rodovalho. Segundo ele, foi graças a essa união que felizmente o Distrito Federal voltou a ter a Marcha para Jesus.
Acosta lembrou que por concentrar os Poderes Constituídos nacionais e ser palco da tramitação de leis e elaboração de políticas públicas, o Distrito Federal não poderia mais ficar sem a Marcha. “É muita responsabilidade, e o Brasil inteiro realiza a Marcha, então não poderíamos nos omitir diante disso. Há uma consciência da liderança no sentido de se resgatar a Marcha por conta disso, já que por aqui temos sempre buscado contribuir para o Brasil”, disse o líder.
Karoline Garcia – Especial para o Fé em Jesus

Nenhum comentário:

Postar um comentário