quinta-feira, 21 de junho de 2012

Correios recebem inscrições para selecionar 2.820 jovens aprendizes


A partir do próximo dia 25 de junho, os Correios abrirão inscrições para processo seletivo destinado a preencher 2.820 vagas do Programa Jovem Aprendiz em todo o país. O edital foi publicado na última segunda-feira (18/6) no Diário Oficial da União e inclui critérios sociais para a seleção dos candidatos – inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo, participantes do Projeto VIRA VIDA/SESI ou que estejam cumprindo medida socioeducativa terão pontuação adicional. O programa dos Correios já atende hoje cerca de 3 mil estudantes em todo o Brasil.

Os jovens serão contratados por período de 12 meses, com jornada de 20 horas semanais. De acordo com os Correios, o curso de aprendizagem terá parte teórica nas escolas do SENAI e as atividades práticas nas unidades da ECT. Após a conclusão do curso, os alunos receberão certificado de Auxiliar Administrativo expedido pelo SENAI.

Os aprendizes receberão R$ 292,43, além de vale-transporte (conforme a legislação vigente), vale-alimentação ou refeição, uniforme e atendimento médico e odontológico em ambulatórios internos da empresa, onde houver este serviço. 

Como participar

Os interessados na seleção devem ter idades entre 14 e 20 anos. Caso tenham concluído o ensino médio, é necessário estar matriculado e frequentando a escola, além de ter obtido média mínima de cinco pontos nas disciplinas do último ano cursado. Segundo os Correios, além das vagas imediatas, haverá cadastro reserva, caso surjam novas vagas. 

A seleção será realizada por meio de análise curricular (classificatória), comprovação de requisitos (eliminatório) e exames pré-admissionais (elimiatório). 

Os interessados em participar devem preencher a ficha de inscrição que estará disponível no www.correios.com.br  até o dia 4 de julho.
O edital completo está disponível na internet, no mesmo site dos Correios, onde os interessados poderão verificar requisitos, salários, benefícios, localidades e quantidade de vagas.

Fonte: CorreioWeb



Nenhum comentário:

Postar um comentário